quarta-feira, 2 de junho de 2010




Ainda tenho nó na garganta quando se trata de você, troço imundo e imprestável. Vá apavorar outra vida, vá aparecer em outras mentes, vá arranjar o que fazer ! Me bate uma angustia e uma vontade de colocar tudo pra fora. Reler as mensagens que me mandavas, as palavras que me dizias, os segredos e planos ao pé do ouvido. É como uma correnteza me levando para o fim de uma rio profundo e sem graça. O que ODEEEEEEIO mesmo são esses casos mal resolvidos, Ninguém chegou pra me avisar que iria acabar, NINGUÉM. Ninguém me avisou para guardar lagrimas, para um fim próximo, ninguém me perguntou como eu iria me sentir por ver uma coisa monstruosa ao teu lado. E não a nada a ser feito. Não te peço mais nada, não estou te cobrando nada, não te quero nem pintado de ouro. É que na verdade ME DÓI, a falta de uma consideração que eu achava que existia. Eu acho que vou levar para o resto da vida o pensamento inútil de você, a sensação de nada. Aaaah, eu poderia também avisar ao Monstrinho que ela ja pode ir chorando, pois nada pra ela vai durar muito não. Mas que pena, tenho compulsão por vingança ;x

Tudo o que plantar vai colher,
eu não to te jogando praga
to falando a verdade. ;D

5 comentários:

  1. "O que ODEEEEEEIO mesmo são esses casos mal resolvidos, Ninguém chegou pra me avisar que iria acabar, NINGUÉM. Ninguém me avisou para guardar lagrimas, para um fim próximo.."
    Muito meu isso que tu escreveu, foi exatamente assim comigo e eu desejo essas mesmas coisas que tu, mas é uma vingança merecida, eu acho.. Não sei..
    Beijos :*

    ResponderExcluir
  2. Revelações de um amor mal terminado?!
    Sem aviso prévio ou hora de um ADEUS.
    Entendo como também já passei por isso, deixa pra lá o bom é que você pode expressar essa raiva, ódio, mais ele, acredito que não.

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. obrigaado por tudo meninas, sei que só nós mulheres sabemos como nos sentimos em relação a homens sem atitudes ;D beijos ;*

    ResponderExcluir
  5. eu deixo que o destino faça sua parte, digamos que vingança por trás das cortinas ;D

    ResponderExcluir